24 novembre, 2017

Entrevista com o embaixador brasileiro

Entrevista com o embaixador brasileiro

Condividi su

Entrevista com o embaixador Dr. Paulo Cordeiro de Andrade Pinto

Recém chegado ao consulado geral do Brasil em Milão, toma a frente da representação brasileira e nos concede essa entrevista, com muita simpatia e cordialidalidade, dentro do pavilhão brasileiro na Expo Milão 2015.

Dr. Paulo Cordeiro, primeiramente seja bem vindo. Gostaria de saber do senhor se teremos novidades no consulado, se o Senhor teria novos projetos para essa sua chegada, teremos mudanças?
– Muito Obrigado, eu não sou tão novo assim, e eu represento de certa maneira uma continuidade no sentido de que o Consulado Geral de Milão tem jurisdição sobre a Emilia Romana, Liguria, Piemonte, Lombardia, Veneto, Val d’Osta, Alto Adige, ainda tem a região de Trieste, nos temos um papel de servir a comunidade brasileira, no papel de quase um grande cartório, certidão de nascimento, certidão de casamento, certidão de óbito, certidão de vida, questão de encaminhar o diálogo com essa comunidade através de nossos conselhos de cidadãos, e eu pretendo dinamizar isso. E o Consulado também tem esse outro aspecto que estamos vendo aqui na Expo Milão 2015, a questão da promoção comercial, tanto dos produtos quanto dos serviços brasileiros, como abrir o Brasil para investidores estrangeiros, no caso italianos. Temos também um aspecto que não é muito desenvolvido e que eu gostaria de fazê-lo é a questão cultural, o Brasil é um grande produtor de cultura, uma super grande potência musical, mas é também um país que nesse momento o estado federal Brasileiro está em uma crise de liquidez de recursos financeiros, sendo assim temos que fazer mais com menos, ou como se diz na Bahia e no sul do Pará, tirar leite de pedra (risos) e isso será um dos nossos objetivos, com os recursos que nos temos, que não são muitos, fazer um produto melhor, dando seguimentos aos trabalhos dos meus predecessores, construir sobre aquilo que eles fizeram e procurar aperfeiçoar. e melhorar a comunicação com a comunidade.

Nos estamos acompanhando o pavilhão Brasileiro, estamos presentes em todos os eventos que estão ocorrendo no pavilhão do Brasil. De todo esse trabalho que vem sendo feito junto com a comunidade brasileira e com a comunidade estrangeira, o Consulado prevê uma continuidade desses trabalhos iniciados aqui?
– O setor de promoção comercial já é antigo aqui em Milão, o Consulado Geral do Brasil em Milão é o terceiro ou quarto mais ativo do mundo no setor de promoção comercial, chamado SECOM, temos uma equipe de 4 funcionários dedicados a isso, que ajudam investidores estrangeiros a entrar no nosso Brasil trade net e procurar no Brasil o sócio que eles necessitam, e na parte legislativa qual é o melhor caminho para o investimento e colocá-lo também em contato com as grandes federações Brasileiras, Fiesp, Apex que complementam o trabalho que o Ministério das Relações Exteriores faz, e o Consulado é um consulado do Brasil e não do Itamaraty, é um Consulado que representa todo estado brasileiro.

EXPO

Como territorialmente o Senhor está sediado em Milão, teria algo em específico para investidores Milaneses?
– Qualquer empresa ou investidor pode nos procurar, eu falei da jurisdição porque ao sul da Emilia Romagna temos a jurisdição que compete ao Consulado Geral do Brasil de Roma. A embaixada do Brasil na Itália, ela tem jurisdição de promoção comercial sobre o resto do território, mas é claro que nos temos recursos relativamente limitados e um ajuda o outro.

Dr. Paulo só para finalizar, qual é a agenda do pavilhão do Brasil, agora nesses ultimos quase dois meses para terminar a Expo?
– Nos temos um mês para desmontar o pavilhão após o término do evento. Assim nós juntamente com a Apex e o Ministério do turismo estamos vendo o que fazer com esse pavilhão. O nosso pavilhão é uma metáfora do Brasil, um país aberto, nós temos essa rede que é quase uma escultura, lembrando que o nosso mundo contemporâneo ele se coloca em rede, não estaríamos aqui em uma entrevista há alguns anos atrás e uma jornalista com um aparelho desses em mãos (risos), ela teria um bloco e uma caneta nas mãos, ou seja, esse aparelho permete que a nossa conversa pode ser enviada para o mundo inteiro, o mundo em rede; Então a grande metáfora desse pavilhão é isso, e é também um local para acolher, todos os brasileiros e entidades que querem vir nesse forum, um local para reunir, nos tivemos aqui o secretário de turismo do Ceará, um produtor de vinho genovese a São Paulo, o governador do Acre, vamos ter o governador de São Paulo, o governador da Bahia, ou seja todas essas entidades federais, municipais, empresas vem aqui e podem usar esse espaço para mandar uma mensagem que fica, agora depois disso todos cairão nas duas salinhas do Consulado (risos).

O que o Senhor gostaria de deixar claro, ou dizer para os estrangeiros e os brasileiros, depois de todos esses eventos que vem ocorrendo no pavilhão nesse mês de setembro?
– O que o pavilhão tenta mostrar que o esforço enorme que nosso povo fez para ser o que é, você olha nos corredores do pavilhão todos os esforços de pesquisa da Embrapa (Empresa Brasielira de Pesquisa Agricóla), a Embrapa são mil doutores, que começaram a tentar descriptografar a nossa natureza, nos tinhamos uma ciência desenvolvida na europa para uma natura temperada, nos tivemos que aprender a criar ciência para uma agricultura tropical, equatorial, então isso aqui é um exemplo de 3 milhões de habitantes na Independência, hoje somos 202 milhões. Que queremos melhorar a qualidade de vida do nosso povo e de mostrar para os italianos e brasileiros que o Brasil é muito bom, e nós temos que nos construir sobre isso, esse pavilhão é uma mensagem de esperança, no momento em que os Brasileiros estão um pouco pessimista é uma plataforma sobre a qual nós todos, eu, você e os outros vamos construir um país melhor.

Vocês aqui do nosso lado que também são do Consulado que nos representam, gostaria de falar alguma coisa?
– A Senhora Maria Ester de Almeida alguma palavra? O que eu posso dizer que nos estamos de braços abertos principalmente para áqueles que querem comprar os nossos produtos, e para os investidores italianos que querem investir no nosso país, em todas as regiões do Brasil, nos procurem, podem contar conosco.

Consolat Generale de Brasile a Milano Corso Europa 12 Milano http://milao.itamaraty.gov.br/it/

Di Lia Lemoss | Tcgnews.it
Foto: Lia Lemoss | Tcgnews.it
RIPRODUZIONE RISERVATA © Copyright Tcgnews.it

Commenti

Condividi su

Related posts

shares

Utilizzando il sito, accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra. maggiori informazioni

Questo sito utilizza i cookie per fonire la migliore esperienza di navigazione possibile. Continuando a utilizzare questo sito senza modificare le impostazioni dei cookie o clicchi su "Accetta" permetti al loro utilizzo.

Chiudi